Escritos de Ada

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Para F. (e porque está chegando o dia 12)

Eu
que pensava saber o que é poesia
descobri:

poesia é quando abro a porta para você
você
de capacete na mão, camisa de botões, sorriso no rosto

você
de cabelo recém-lavado e repleto de ondas que te mandam cortar
mas que eu quero assim
caudalosas
para eu afundar meus dedos e meu rosto nesse mar perfumado

poesia
é sua barba por fazer
é seu corpo
que parece pedir "me toca" só por ser como é
a curva do pescoço
a trilha no meio das costas
(ah, as costas...)
é seu braço firme me fazendo flutuar até seu colo
é sua mão entrelaçada na minha

poesia
é você me trazendo paz e me desassossegando ao mesmo tempo
provocando um quê de riso no meu choro
(aquele choro estranho de quem ama tanto que parece que não vai conseguir suportar o amor)

poesia
é essa sensação de que meu coração já não me cabe de tanto que você está nele
é o futuro tão desejado quanto hipotético
mas sonhado com tanta força que sonho acordada com ele
com você e eu juntos
escrevendo a nossa vida
escrevendo nosso melhor poema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário